Criação do mundo segundo Robert Fludd

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Criação do mundo segundo Robert Fludd

Mensagem  Nimrod Alexander em Ter Dez 25, 2012 2:37 pm



Como prometido as minhas traduções e interpretações do gênesis bíblico com estudo mais aprofundado, do Robert Fludd, antes da criação existia a matéria prima, mas não sendo uma matéria não manifestada, algo sem dimensões, ou quantidade, peso, propriedades ou inclinações, algo que de certa forma existia e não existia ao mesmo tempo, pode ser comparado aos três véus da árvore da vida.
No primeiro versículo, o céu e a terra, eram a matéria e a não matéria, mas a matéria não possuía forma ou vida, e comentava sobre o caos primordial, que seria as águas em que a o espírito de Deus se movia.



A criação da luz (princípio ativo, espírito) e a separação das trevas (princípio passivo, matéria), a luz, nem não criada e nem criada, é a inteligência dos anjos, a virtude vivificadora dos céus,, a inteligência dos anjos, o espírito racional dos homens e a força de vida dos planos inferiores, isso diminui enquanto a escala de proporção decresce, a perfeição das coisas está na proporção da sua presença. É o primeiro aparecimento da luz nas trevas, isso envia suas virtudes do centro, os "Espíritos fracos" começam a se separar em mais próximos e próximos do pai a partir dele.



A matéria prima é fecundada pela luz divina, se dividindo em dois. O versículo da separação das águas diz respeito a formação do firmamento, a linha que separa o horizonte na parte do céu e a parte da terra. A parte removida da luz se mantém em passividade, seria o centro negro, e a parte em volta estaria em atividade do fogo, esses são os oceanos superiores e inferiores, a fumaça branca entre os dois está em um estado misterioso, nem espiritual e nem corporal,, é o éter, o veículo de descendência da alma na matéria, que pode penetrar qualquer matéria.



As águas inferiores estão agitadas nessa massa confusa e caótica, e os quatro elementos estão lutando entre si, quente contra frio, molhado contra seco, e assim em diante.



Com o caos resolvido, os elementos se organizam, formando círculos de água, fogo, ar e terra e no centro aparece o sol.



A segunda parte das imagens olha a criação em três esferas, angelical (empírica), celestial (etérea) e elemental, cada foi procedido da palavra "FIAT" (que se faça), com a criação da luz apareceu no alto dos céus, no primeiro dia, a palavra "FIAT LUX" (que se faça luz), essa luz preencheu o mundo empírico, não perceptível aos olhos mortais, mas para o intelecto. No segundo dia o firmamento celestial surge, dividindo as águas superiores (empíricas) e as inferiores, que no terceiro dia se tornam o plano elemental.


Posto a continuação depois..
avatar
Nimrod Alexander
Moderador

Cavalo Mensagens : 212
Data de inscrição : 08/11/2011
Idade : 27
Localização : João Pessoa - Pb

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum