Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Soror Lyra em Sab Out 06, 2012 10:23 am

Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência


É necessário fazer algumas observações pessoais a respeito do assunto que trata da dupla regência, pois depois do advento científico e a descoberta de Urano, Netuno e Plutão em nosso sistema solar, várias novas teorias foram incrementadas à Astrologia.O que acontece é que observando o céu a olho nu podemos apenas enxergar os planetas até Saturno, e na Astrologia, pela forte influência desses corpos aqui na Terra se adaptou a tratar o Sol e a Lua também como planetas. Esses sistemas relativamente novos apresentam os doze signos possuindo as seguintes regências: Sol(Leão), Lua(Câncer), Mercúrio(Gêmeos e Virgem, que são signos mutáveis), Vênus (Touro e Libra), Marte (Áries), Júpiter (Sagitário), Saturno (Capricórnio), Urano(Aquário), Netuno(Peixes) e Plutão (escorpião).
E com o problema dos planetas dispostos desta maneira não agregarem plenamente as características dos signos, talvez dessa problematização surgisse a teoria da dupla regência, onde signos como escorpião seriam regidos por Marte e Plutão, e Peixes ser regido por Júpiter e Netuno.


Acontece que…


O fato de não podermos enxergar Urano, Netuno e Plutão da perspectiva humana na Terra sem o advento científico, poderia muito bem estar contido na seguinte teoria cabalística: Estudando os planetas em uma concepção que me parece mais correta poderia se explicar bem o que era a ideia original sobre as regências e o porquê ela não deveria ter sido alterada.

Os planetas mais difíceis de compreender e associar com os signos são Urano, Netuno e Plutão, e aqui eles estão dispostos nas séfiras Kether, Hockmah e Binah, que representam a sacralidade do número três nas diversas culturas, que no geral representam “Deus” em diversas concepções diferentes. Algo que não faz parte das características mundanas do ser humano, e que no geral não influi diretamente na nossa personalidade, e sim nos acontecimentos. Desde que Plutão no arquétipo romano é o submundo (Profundidade, escuridão), Urano é o céu(algo além da Terra) e Netuno o Senhor dos Mares (mar que em algumas culturas é um símbolo do inconsciente).
Há uma alegoria judaica em que existe uma imagem onde está representado além do céu um mar após uma escuridão do Universo. Ouvi numa aula de História e Cultura Cristã que alguns judeus ortodoxos tem aquela realidade até hoje sobre a concepção do Universo, isso me foi passado com certo deboche, mas pensando nisso de uma maneira alegórica em relação algo além da vida não parece absurdo ou errôneo de maneira alguma. Nessa linha de pensamento, remontando a ideia inicial da astrologia sobre regência, que trabalha as características dos signos com a regência dos planetas dispostos na estrela setenária, pode-se também se relacionar com diversos outros simbolismos (Notas musicais, dias da semana, defeitos e virtudes capitas, etc.)


Assim, os únicos “planetas” que regem um único signo são o Sol (Leão) e a Lua (Câncer) que são a contraparte um do outro, o sol é o ego e a lua é o sentimento. Sendo que um é fixo e outro é cardinal, que são funções opostas, um é o fogo e outro é a água tal como a lua e o sol são polaridades que se complementam. A partir daí, todos os outros planetas regem dois signos, duas polaridades, que em contraparte são divididas em um fixo e um cardinal ou em dois mutáveis que é a função intermediária de múltiplas faces. Assim temos: Mercúrio (Virgem e Gêmeos), Vênus (Touro e Libra), Marte (Áries e Escorpião), Júpiter (Sagitário e Peixes) e Saturno (Aquário e Capricórnio).
Em breve colocarei aqui uma tabela que estou terminando de escrever com as regências e as diferentes linhas mágicas relacionadas a cada um dos planetas com uma breve explicação do porque da relação Dona Lucrécia. xD


REF. BIBLIOGRÁFICAS E OBSERVAÇÕES:
A Árvore da Vida - HALEVI, Shimon
Astrologia Cabalística - KENTON, Warren
- Palestra sobre Astrologia: Leonardo C. Lacerda (http://www.ixnoites.com.br/)
- Artigos sobre Astrologia - Sociedade das Ciências Antigas
- Imagem com relações planetárias na Árvore da Vida retirada do Projeto Mayhem (MDD)
avatar
Soror Lyra
Theoricus

Cachorro Mensagens : 77
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lyra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Richard Wizard em Sab Out 06, 2012 12:48 pm

: D Estou aguardando! Muito Bom.
avatar
Richard Wizard
Moderador

Mensagens : 127
Data de inscrição : 16/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Nimrod Alexander em Dom Out 07, 2012 6:56 pm

Eu nunca gostei da seleção dos 3 planetas acima, urano, plutão e nertuno, pra ser preciso eu sempre preferi os 7 planetas, a terra na árvore da vida seria a exceção, mas prefiro a classificação antiga, que seriam primum mobile, estrelas e zodiaco. Se estudando essa classificação antiga faz mais sentido que os 3 planetas '-'
avatar
Nimrod Alexander
Moderador

Cavalo Mensagens : 212
Data de inscrição : 08/11/2011
Idade : 27
Localização : João Pessoa - Pb

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Soror Lyra em Dom Out 07, 2012 11:20 pm

Nimrod Alexander escreveu:Eu nunca gostei da seleção dos 3 planetas acima, urano, plutão e nertuno, pra ser preciso eu sempre preferi os 7 planetas, a terra na árvore da vida seria a exceção, mas prefiro a classificação antiga, que seriam primum mobile, estrelas e zodiaco. Se estudando essa classificação antiga faz mais sentido que os 3 planetas '-'


É, até alguns dias atrás eu concordava com isso, sobre as três séfiras não terem relação com esses planetas (e na verdade eu não tenho plena confiança que kether seja plutão até hoje porque kether seria a força unitária que gera tudo, e plutão não chega tão perto desse significado), mas sei lá, essa relação do mar além do céu e além deambos a escuridão tem certo sentido. Tem coisas que ainda me confundem muito, cabala é um assunto pra estudar a vida toda. Mas dentro das regências que é o foco do tópico, não consigo ver nenhum dos três relacionados especificamente a signos específicos, porque são três planetas que meio que contém características que se manifestam em todos.
avatar
Soror Lyra
Theoricus

Cachorro Mensagens : 77
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lyra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Soror Lyra em Dom Out 07, 2012 11:29 pm

Pensando melhor, acredito que essa árvore da vida que coloquei tem plutão, urano e netuno na trindade somente pelo fato de ser a "árvore de malkuth", seriam kether, chokmah e binah em malkuth. Em teoria isso significaria a manifestação das esferas no físico, Kether em Kether estaria beeeem mais pra cima e além da nossa compreensão no que eu tenho aprendido.
avatar
Soror Lyra
Theoricus

Cachorro Mensagens : 77
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lyra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Soror Lyra em Dom Out 07, 2012 11:47 pm

Caralho, isso me deu um insight muito foda sobre as diversas árvores da vida e a relação esfera/planeta. Acho que vou fazer outro tópico pra explicar minha teoria pra não bagunçar a mente de quem vier ler sobre regências. XD Daqui a pouco posto minha viagem aqui.
avatar
Soror Lyra
Theoricus

Cachorro Mensagens : 77
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lyra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Nimrod Alexander em Seg Out 08, 2012 11:02 am

asuashasuhasuhasuhas Entendo, mas no final ainda acho q kether, binah e chockmah como são as esferas mais abstratas não poderiam se representar como algo mais sólido e tal, acho que kether como primum mobile faz tipow sentido, o primum mobile seria a "movimentação" do universo, então poderia ser uma indireta ao que pode ter tido inicio a tudo, a primeira movimentação, e em plutão e tal eu n vejo essa mesma ideia.
avatar
Nimrod Alexander
Moderador

Cavalo Mensagens : 212
Data de inscrição : 08/11/2011
Idade : 27
Localização : João Pessoa - Pb

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Frater Hamal em Seg Out 08, 2012 10:31 pm

Muito bom texto Soror!

Eu particularmente não dou atribuição nenhuma planetária as 3 sephiras superiores. Afinal elas estão além do abismo, e além do abismo não existe nada manifestado.

Eu atribuo a elas as 3 manifestações da natureza: criação/cardinal que é Keter, caos/mutável que é Hockmah e ordem/fixo que é Binah.
avatar
Frater Hamal
Novato
Novato

Cavalo Mensagens : 6
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 27
Localização : Petrópolis

http://www.ixnoites.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Soror Lyra em Seg Out 08, 2012 10:42 pm

Nossa, pode crer. Nunca tinha pensado por esse lado, cardinal, fixo e mutável nas três séfiras superiores faz todo o sentido.
Agora, volto a meu problema inicial, diante do advento da ciência no sistema solar, o que fazer com plutão, urano e netuno em relação à Astrologia? Eu sei que nos referimos a energia sutis, mas cheguei a um ponto em que precebo que as manifestações fisicas no Universo também são um molde de uma energia superior, e acho que esses planetas no nosso sistema tem de fato a influência que a astrologia coloca. Mas sempre que tento pensar em Urano, Netuno e Plutão na Astrologia cabalística da problema. x-x
Até na alquimia eles me causam problemas, porque na química urânio e plutônio são substâncias perigosas pra porra. XD
avatar
Soror Lyra
Theoricus

Cachorro Mensagens : 77
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lyra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Frater Hamal em Seg Out 08, 2012 11:14 pm

A ciência moderna já suspeita da descoberta de novos planetas. Eles são oitavas mais sutis que lidam com todo planeta, não com o ser humano diretamente. Por serem sutis não os vemos a olho nu. Portanto estão encaixados nas esferas correspondentes aos planetas de oitava menor, pois a energia é a mesma, porém em sentido coletivo.

Plutão -> Marte -> Geburah
Netuno -> Vênus -> Netzach
Urano -> Mercúrio -> Hod

Dá pra entender?
avatar
Frater Hamal
Novato
Novato

Cavalo Mensagens : 6
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 27
Localização : Petrópolis

http://www.ixnoites.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Nimrod Alexander em Ter Out 09, 2012 10:46 am

Mas eu não acho a necessidade de ter algo pra os 3 planetas restantes, têm que se ver que basicamente todos os atributos foram dados como padrões para os 7 planetas, então foi algo já selecionado e destinado equilibrando toda a ideologia, colocar mais 3 planetas e tentar pensar em algo pra colocar neles como correspondências é tenso, imagine a estrela dos 7 planetas, está toda equilibrada e tal, coloque mais 3 planetas e tente relacionar tudo pra ter equilíbrio necessário na ideologia, de fato não tem como...
avatar
Nimrod Alexander
Moderador

Cavalo Mensagens : 212
Data de inscrição : 08/11/2011
Idade : 27
Localização : João Pessoa - Pb

Voltar ao Topo Ir em baixo

realmente,

Mensagem  deletado em Sab Out 27, 2012 10:17 pm

acho até interessante a simbologia desses novos três planetas. na verdade só acho legal Plutão para ser sincero, pois nas minhas pesquisas antes de Invocar Bune (não me importando a "classificação" dada á essa Entidade), achei algo interessante:

"Algo que percebi, depois de ter invocado Bune, é sua associação com o Deus antigo do submundo, o Plutão Romano e o Hades grego. Pois ao que parece, Plutus era o Deus da Riqueza, do submundo físico, e seus domínios era onde continham essas riquezas, o ouro e as pedras preciosas: abaixo da terra, em cavernas e locais de difícil acesso. E logo após temos o Plutão romano, Deus do Submundo espiritual. A primeira vista parece sensato essa transição e, se compararmos aos poderes e domínios de Bune, veremos que Domínio sobre os mortos e Riquezas, nesse sentido, se encaixa naturalmente."

O objetivo não é falar sobre a entidade que invoquei, mas sim, da idéia do Plutus e da sua associação e sincretismo numa só divindade com o Plutão romano.
Porém, para tal fim e energia, já existe Saturno ;p

Tirando o fato de Plutão estar na primeira casa no meu mapa natal e em escorpião, seguido por Saturno na segunda casa em Escorpião também rs

Porém, prefiro a Astrologia Tradicional, que faz uso somente dos '7 planetas'ois ha uma simbologia muito estruturada com equivalencias de inúmeros fatores como anjos, espiritos, guardiões e atributos equilibrados na Cabala e na Gematria, sem dizer dos Hinos Órficos usados por alguns ocultistas e das bases de sistemas como o Heptameron.

Esses 3 novos planetas não possuem nem de longe a simbologia e riqueza dos tradicionais, sendo que a Astrologia Tradicional é mais rica e equilibrada em si mesma do que a moderna, que se tornou algo menos rico e mais genérico.

É como disse o Nimrod, parece uma tentativa de enfiá-los no "pacote" e forçar a barra para que possam fazer sentido sem a mínima necessidade.

Essa é apenas a minha opinião.

abs

deletado
Magus

Mensagens : 201
Data de inscrição : 25/10/2012
Localização : nao interessa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regências dos Signos - Considerações à Dupla Regência

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum